Border Collie, Quais são suas qualidades? 15


Querendo adestrar seu border collie? Confira nosso novo post sobre adestramento de border collie, com vídeo grátis CLIQUE AQUI

Como convencer a minha mãe a comprar um Border Collie, quero saber as qualidades dele.

Eu já tenho um Poodle e ela acha que ele dá muito gasto.
Mas eu quero muuuito um outro cachorro, especialmente o Border Collie. Pode me dizer as qualidades da raça?
Obrigada!

Boa noite,

Seria interessante repensar essa questão do Border Collie, se é sua mãe que irá arcar com as despesas do cão, um border calei irá fazê-la gastar muito mais que um poodle, isso sem sombras de dúvidas.

Visto que o cão come muito mais que um poodle, banho e tosa é mais caro, e o nível de atividades que um Border Collie precisa, é incalculavelmente maior que o de um Poodle, isso sem contar no espaço que eles necessitam.

Se for para comprar um cão e depois abandoná-lo por questões financeiras, sugiro que repense sua vontade.

A raça tem diversas qualidades, especialmente para quem mora em casa, e tem muitas horas do dia para passar com o cão.

Os Borders são cães de pastoreio, e tem uma energia que não se esgota facilmente, precisa de muito exercício e atenção.

Conheço muitos donos de Borders que falam que o cachorro deles “não dorme” de tanta energia, estão sempre dispostos para brincar e fazer exercícios.

Caso você não possa dedicar boa parte do tempo ao seu cão, e isso pelos próximos 10 a 15 anos, além de gastos, e acredite não serão poucos.

Para o cão ter o mínimo de qualidade de vida, ele irá precisar de 3 a 4 horas de exercícios físicos e lúdicos de atenção diários, banho e tosa semanal, vacinas anuais, ração, gastos com possíveis doenças, de pele, machucados, entre outras, brinquedos e não serão poucos, antipulgas, hoteizinhos caso queira tirar umas férias, adestrador para educá-lo, eventuais gastos que possam surgir.

Isso tudo nos primeiros anos de vida, com a velhice do cão, os gastos aumentam consideravelmente.

Se você puder arcar com todos esses gastos, eu acredito que o Border é uma das melhores raças de cães para se ter, são super inteligentes, dispostos a tudo, amigos, entre outras diversas qualidades, isso para quem tem tempo para eles, pois eles exigem demais!

André Agramonte

Adestremento, Dog Walker

http://www.andreagramonte.com.br

Related posts:


Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

15 thoughts on “Border Collie, Quais são suas qualidades?

  • Suzan

    Olha, me desculpe, mas a avaliação que vc fez acima está um pouco equivocada. Tenho um Border Collie, moro em APARTAMENTO e posso dizer com toda certeza que o meu cão é maravilhosamente feliz, calmo e carinhoso. |Concordo que o nível de atenção e exercícios diário são maiores que outros cães, mas um MINIMO de 4 horas de exercícios por dia para um BC é uma avalição ligeiramente exagerada. Meu cão tem 2 horas de exercícios por dia e quando chega em casa, fica exausto e dorme pelas próximas 3 ou 4 horas! Isso sem falar ‘a noite, quando ele dorme como um anjo. Tosas semanais??? Só se o dono quiser deixar o BC careca!! E o bonito é o pêlo longo e sedoso. Eu mesma dou banho semanal no meu BC no meu chuveiro em casa (não levo a Pet Shop) sem problemas.

    Bom, lí a sua avaliação e queria deixar registrada a minha opinião, como proprietária de BC. Possuir um BC É SIM uma grande responsabilidade,e exige mais dedicação do que qualquer outro cão. Mas não acho que se deva colocar medo nas pessoas que querem ter um. Eu fiquei muito receosa ao comprar o meu BC morando em apartamento, mas depois vi que não é algo torturante para o cachorro e nem para o dono.Depois do BC, não compraria nenhuma outra raça – Ele é TUDO DE BOM!!!!

  • Elaine

    Concordo com a Suzan.

    2 horas de atividade especialmente se puder dividi-las em uma hora de manhã e uma a tarde já são suficientes.

    Tosas semanais são completamente desnecessárias, eu diria que toso a Minha BC (Lolla) somente no verão para que não passe calor. Os banhos podem ser dados em casa e pode-se somente escovar com secador. Mas se sua mãe não esta disposta a ter trabalho, você terá que fazer esta tarefa.

    O que concordo plenamente é que o Adestramento do BC é essencial, por serem uma raça muito energica, precisam disso para controlar os instintos de pular nas pessoas e em outros animais. Mas eu mesma com auxilio de alguns livros consegui fazê-lo.

    O consumo de ração é de 15 kgs por mês. No meu caso uso Pro Plan Complete, a mais indicada para raça, custa R$ 139,00 o pcte de 15 kgs que da certinho. Mas existem outras mais baratas que não deixam tanto a desejar.

    Digo que é uma excelente escolha, não precisa de tanto espaço nem tanto dinheiro, mas pense bem pois tem que ter muita paciência para ensiná-los, são tão felizes que dispersam rápido e precisa ter autoridade para que eles aprendam.

    Vantagem: A minha filhote com 03 meses já obedecia o “Senta” e “Fica”, são muito carinhosos e inteligentes.
    Desvantagem (que é mínima): precisa ter paciência pois demandam muita atenção do dono, tem que estar disposto a se exercitar com eles.

    Eu também não teria outra raça mais.

  • Francisco Carlos

    Acredito que estes comentários são para quem quer ter um collie a nível de competição em torneios da raça.Tenho um Collie fêmea original,idêntico ao do filme e já está com mais de 11 anos de idade.Exercícios só o básico do dia,não acho que chegua a uma hora por dia,não tenho problemas com doença e dermatites,banho quinzenal,uma vez no pet shop e outra em casa.Para se ter um collie basta tomar alguns cuidados,quando adquiri meu collie o veterinário me orientou: ração de qualidade,frutas de massa,nunca cítricas,queijo branco e não leite,bolachas só agua e sal,legumes somente cenoura ao natural ou só cozida sem temperos,nunca dê doces,nunca embutidos e sem carnes.Tenho a minha Collie até hoje com saúde e com poucas despesas.Veterinário,normalmente só consultas de rotina.È possível ter poucas despesas,basta tomar alguns cuidados,principalmente com a alimentação.

  • Pâmela

    Bom dia! Gostaria de tirar algumas duvidas com quem já tem a raça BC… Moro em apartamento e viajo todos os finais de semana! estou pensando seriamente em ter um BC e gostaria de saber se isso me impossibilitaria de viajar e deixa-la sozinha de vez em quando em casa, enquanto trabalho? Iria adestra-la. Poderiam me dar opiniões? Agradeço desde já a atenção.

  • Diogo

    Pâmela, deixar o BC um dia ou mais sozinho seria muito prejudicial a ele, porque ele exige atenção que foi uma característica usados por todos (no artigo e nos comentários), ter um BC é uma experiência bem diferente das outras raças.

    Já tive Poodle, Husky, Pastor Alemão e SRD e realmente o BC exige uma atenção maior, coisa que as outras raças não exigiam, mas acho que isso acontece porque essa raça é muito amiga e brincalhona.

    O meu está atualmente com 8 meses e estou adorando, também moro em apartamento e exercito ele no mínimo 2 horas durante a semana, no final de semana levo ele para praticar agility e algumas vezes levo ele para correr uns 4 Km,
    além de ter comprado bastante briquedo para ele ficar mordendo.

    Espero ter ajudado. O BC é uma raça muito maneira, realmente não trocaria ela por outra hoje em dia, mas tem essas particularidades.

  • Peterson

    Ola Suzan e Elaine, Le o comentários de você sobre criar um BC. Atualmente comprei um, uma menina mt linda esta com 60 dias, tenho habito de praticar exercícios e claro ela praticará junto comigo. Minha pergunta é infelizmente sou só eu e ela, e eu trabalho, mesmo dando muita atenção e carinho e tomando os devidos cuidados terei algum problema?.

    Muito Obrigado!

  • Cesar

    Após ler os comentários acima, decidi dar minha opinião baseada na minha experiência pessoal. Eu e minha esposa compramos uma cadela border para morar em apartamento conosco. Foi uma das piores bobagens que fiz em minha vida, pois ela começou a ficar estressada mesmo com muito exercício diário. O fato de ficar presa dentro de um apartamento por algumas horas diariamente começou a torná-la agressiva a ponto de ela morder um morador de outro apartamento. Depois desse fato, não tivemos outra escolha: saímos do apartamento e fomos morar em uma casa. Além disso, compramos um macho também da raça border collie. Depois de nossa mudança, nossa cadela passou a viver melhor, ficou mais obediente e, com a companhia de outro cachorro, demonstra muito mais alegria. Por isso, se alguém quer receber um conselho, não coloque um border para morar em apartamento. Para mim, isto é a mesma coisa que colocar alguém numa prisão.

  • rodrigo

    li todos os comentarios,vou morar numa casa com um espaço mediano, trabalho durante o dia, tenho um cane corso(macho) e gostaria de saber se eu deixar um boder collie com ele teria grandes problemas, por eu só ter a noite pra passear com os 2, queria q os cães interagissem durante o dia pelo quintal…alguem aconselha um boder collie??

  • Rosemari

    Tenho um BC com 4 meses, desde pequeno sempre com muita energia, não deixo dentro de casa sozinho por causa de fios eletricos, tenho medo.
    Com dois meses já aceitava comandos que eu mesma administrei, como o ( senta, deita, rola, da a patinha, bate aqui a patinha, etc) Gasto só tive com a 1ª consulta ao veterinário para verificar se estava tudo bem com ele e começar as vacinas, meu Border tem um pouco de (seborréia) uso shampoo especifico que não é tão barato, mas vale a pena. Meu Border Colie eu não troco por nada desse mundo.

  • Ericka

    Tive uma BC por 1 ano e 4 meses. Nunca quis um cão grande, mas foi a melhor escolha que poderia ter feito. Ela veio para casa com 45 dias, e com certeza a raça aprende tudo o que é ensinado rapidamente. Tinha muita energia, mas não era de estragar nada em casa. Extremamente amorosa, carente e exigia atenção a maior parte do tempo. Precisam de um dono que possa dar amor e carinho. Infelizmente ela ficou doente e morreu há alguns dias. Logo, logo terei outro, e com certeza será outro Border Collie.

  • Nadine

    Que divertido! Hoje repassando alguns links armazenados no passado, me deparei com esse blog, que consultei em novembro de 2012, justamente quando estava batendo o martelo sobre ter um Border Collie.
    Hoje, meu tesouro, Teobaldo, tem 1 ano e 7 meses e nada me deixa mais feliz que a decisão de ter buscado um BC.
    Bem, quem criou este tópico, há mais de 4 anos, seguramente já tomou alguma decisão à respeito, mas mesmo assim, vamos às qualidades: absurdamente parceiro, extremamente carinhoso, inacreditávelmente inteligente. Ele não fica sozinho nem por 10 minutos. Muitas vezes está distraído com suas próprias bricadeiras (rasgar papelão, morder galhos, brincar com bola… ah, a bola é uma paixão sem precedente), mas sempre perto de alguém da casa. Se está dormindo (próximo aos pés de alguém) e a pessoa muda de lugar, ele a segue e novamente deita-se próximo a ela. Se a casa dorme, ele dorme também, mas se a casa está em plena atividade, ele não pára por 10 segundos. Mas, aí reside um problema. Para quem gosta de animais carentes, é um prato perfeito, pois ele te faz sentir a pessoa mais amada do universo, sempre por perto precisando de vocês! Mas, como diria Exupery, nos tornamos responsáveis pelo que cativamos então, se você tem esse senso de responsabilidade, perceberá que não é fácil lidar com ele. Não importa se você está cansado, triste, com sono, sem tempo… ele trará todos os brinquedos que possui te pedindo para brincar com ele. Se você não aceita, ele reclama, puxa, late… enfim, não é possível ignorá-lo. Se quer um cachorro como enfeite, não tenha um BC.
    Ele corre bem. Cansa. Mas continua correndo por mais um dia se for preciso.
    Ele volta de um passeio morto. Dorme. Mas acorda com o pique de quem não vê a rua há anos.
    Tosa? No verão, talvez (não tosei o meu e vi o quanto sofreu, creio que teria sido melhor sem tanto pelo). Fora isso, desnecessário. Banho semanal em casa (mesmo porque, vive dentro de casa, o cheiro começa a incomodar se o banho não é frequente). Banho em pet shop, só para ocasiões especiais, por puro capricho. Comida, sim… come o equivalente ao demais do mesmo porte. Veterinário? Como todo bicho de estimação: vacinas anuais, vermífugo e eventuais problemas.
    Às vezes acho que meu cachorro é mais inteligente que eu. Mas isso não sei dizer se é de cachorros criados em casa, próximos ao dono (os meus anteriores viviam perdidos pelo sítio), não sei se é de Border Collie (por ser a raça mais inteligente) ou se é de Teobaldo (que talvez seja mais esperto que o normal). Sei que tê-lo é uma das maiores alegrias da minha vida. Muito enérgico, mas muito educado. Diferente de um labrador (que por mais que eu goste), tem um furacão interno (geralmente bem na linha Marley), Border são muuuito ativos, mas muito pouco destruidores (meu saldo, até hoje, é uma haviana de alça cortada e uma sandália de couro de tiras muito atraentes completamente picotadas).

    Enfim, se pensa em ter um BC e:
    - tem espaço para ele (sim, também acho que criar num apartamento é maldade. ainda que ele não se mostre muito infeliz, é justo que ele tenha muito mais. não desumano submeter um animal -que não tem escolha- à nossa vontade pura e simplesmente, mesmo porque os apartamente estão cada mais mais impróprios até para os humanos, dado ao tamanho diminuto)
    - tem dinheiro para manter um cachorro de porte médio
    - tempo para exercitá-lo (com passeio, bricadeiras, treinamento) de 1 a 2 horas por dia
    - disposição para alguém que queira sempre sua atenção

    Então, escolha o seu Border Collie e vá ser o mais feliz que é possível ser!

  • jane silva

    Bem vou vou resumir bem minha história.

    Um border collie acabou vindo parar em minha vida, não adotei a raça por conta de modismos, mas somente porque amo cachorro e o encontrei numa situação de sofrimento, estava tentando ser vendido por um cara que disse ter conseguido os filhotes não sei onde , eu sempre passava pela casa aonde Logan ,ate entao filhote, estava, eu nao queria mais cachorro por conta da tristeza que passei ao perder minha cadela por cancer pouco antes de conhecer meu atual cachorro,

    mas sempre que passava por ele via como ele estava cheio de pulgas e sarna, seu irmaozinho havia morrido no mesmo lugar, entao numa ato fui la e pedi o cachorro e disse que nao comprava animais e que ele jamais venderia uma raça daquelas no local onde viviamos (favela de paraisopolis). depois de alguns dias ele acabou me dando mesmo o cachorro

    Foram anos complicados para mim por isso sei que o logan cresceu sem disciplina alguma ate seus atuais 4 anos, mas ele ate entao nao apresentava o comportamento q esta me fazendo enlouquecer hj em dia, nos mudamos para uma casa nova e ele uiva incessantemente da hora que saio ate a hora que volto,

    ja fiz o possivel, saio com ele todos os dias e corremos 40 min, deixo coisas pra ele se distrair, roupas minhas com cheiro, etc

    os vizinhos reclamam, eu moro de aluguel e o proprietario nao esta gostando da situaçao, ja ameaçaram envena-lo.

    eu nao estou tendo vida, me atraso ao ir pro serviço nao consigo trabalhar direito, minha vida é trabalho casa porque ele so para de uivar quando eu estou casa entao sair pra festas e diversao sem chances.

    Choro direto, tentei doa-lo duas vezes e ele sempre é devolvido com reclamaçao que ele nao para de chorar e uivar tambem,

    sinceramente acho q ele nao merece “donos normais” com passeios de meia hora e algumas jogadas de bolinha, lendo sobre a raça percebi q eu cometi um grande engano com ele e ele nao tem culpa, ele é um cao que precisa de uma rotina ardua e eu nao posso oferecer isso

    estou tentando doar ele para quem tenha sitio ou chacara, mas nao consigo,

    o que eu faço? estou muito triste, me sentindo culpada por ter pegado ele para criar e nao poder dar o q ele precisa,